Como proteger a sua família de choques elétricos

terça-feira, 4 de agosto de 2015

“Campanha Não sou doutor, mas salvo VIDAS!” 

Os choques elétricos, dependendo da intensidade e do tempo em que a pessoa fica exposta, podem ter efeitos bastante nocivos à saúde, que vão desde contrações musculares até paradas respiratória e cardíaca com risco de morte.

Uma pessoa com 60 kg que fique exposta a choque elétrico por mais de dois segundos, poderá ter uma parada cardiorrespiratória. Numa criança, essa possibilidade se multiplica.

No dia a dia, estamos constantemente expostos a riscos de choques elétricos em casa, no trabalho, na academia, no supermercado e em todos os locais nos quais a energia elétrica esteja presente.

Para levar um choque, não é preciso entrar em contato direto com a tensão elétrica, colocando o dedo na tomada, por exemplo. A estrutura metálica da geladeira de casa ou do supermercado é um condutor que, se estiver com baixa isolação, poderá emitir descargas elétricas. O mesmo acontece com o chuveiro, a torradeira, o secador de cabelos, o bebedouro, etc.

Segundo a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade – Abracopel, em 2014, foram registrados 1.015 acidentes envolvendo eletricidade, sendo 654 deles, fatais.

Isso porque, no Brasil, apesar de existir uma lei que determina o uso de dispositivos de proteção para esse tipo de instalação, eles raramente são utilizados, principalmente nos edifícios comerciais.

O risco de um choque elétrico pode estar escondido, toda à atenção é pouca.

Esses dispositivos de proteção, chamados Disjuntor DR, são a maneira mais eficaz de proteção de pessoas e de animais contra choques elétricos e o único meio de proteção contra contatos diretos e indiretos com a tensão elétrica.

O DR detecta a existência de fuga de corrente em um circuito, desligando-o quando o valor da corrente diferencial ultrapassa determinado parâmetro.

Se o seu quadro de energia elétrica possui este dispositivo, você precisa se certificar de que ele está em perfeito funcionamento. É preciso testá-lo anualmente.

“Os testes periódicos em DR são obrigatórios por lei e exigidos por seguradoras em países da Europa e América do Norte”.

Produto: IPTconsultoria

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email

Leia também

Síndico bom é síndico informado!

Cadastre-se para receber todas as matérias e atualizações do site, em primeira mão. É GRÁTIS
Suas informações são sigilosas, sem propagandas ou SPAM.

    Faça parte do projeto! 

    Síndicos de Brasília

    O portal para o condomínio ideal, com as principais ferramentas que um síndico precisa: informações relevantes e os melhores fornecedores do mercado.

    3 de dezembro de 2021 10:16

    Síndicos de Brasília é uma marca registrada com todos os direitos reservados.

    Versão 5.0. Criação e administração: Agência 3 LADOS