Lições que o ano de 2020 trouxe aos condomínios

O ano de 2020 impôs grandes desafios a todos os brasileiros e, no contexto dos condomínios, especialmente aos síndicos. Sem fórmulas prévias, todas as pessoas tiveram que tomar decisões frente às dificuldades causadas pela crise sanitária da pandemia, aos poucos, foram construindo um “novo normal”, com erros e acertos, mas com certeza repleto de aprendizados.

Chegando a dezembro, é hora também de fazer um balanço do saldo positivo deste ano. Sim, porque nem tudo é negativo. Mesmo os períodos de maior turbulência sempre têm algum legado a deixar e é preciso ter humildade para aprender com eles e estar aberto a melhorar atitudes no futuro. Listamos algumas lições que o ano de 2020 pode ensinar.

Ter uma reserva financeira é primordial – Essa premissa se aplica em vários âmbitos, tanto para o condomínio, quanto para a vida particular. Durante a quarentena, infelizmente, muitas pessoas passaram por sérios “apertos”, como demissões e outras instabilidades com sua renda e isso trouxe impactos aos condomínios, fazendo crescer a inadimplência grandemente em boa parte deles. Devido ao ineditismo da crise e excepcionalidade do cenário, alguns chegaram a recorrer aos seus fundos de reserva, porém há condomínios que estão sempre no vermelho, nunca poupam, e esses fizeram um percurso complicado neste ano.

O síndico precisa ser bem informado – Ao longo de 2020, fomos acompanhando vários desdobramentos da crise sanitária: desde a sua instalação no Brasil, a evolução nos estados, os vários decretos locais, as divulgações científicas sobre forma de contágio e também de prevenção, as orientações sobre reabertura. O fluxo de informações foi intenso, com novidades surgindo a cada dia, e os síndicos foram muito cobrados em relação a isso. Nunca antes foi tão importante manter-se antenado às notícias dia a dia, para poder fazer uma gestão segura.

O condomínio deve ter canais de comunicação – Este terceiro item é complementado pela explicação anterior de que as novidades fluíram em uma velocidade bastante intensa neste ano. Avisos, proibições, recomendações, protocolos que passaram a ser instituídos. Todas essas informações práticas precisam de um canal de comunicação eficiente para serem transmitidas. Condomínios que não possuem contatos atualizados de seus condôminos sofreram para instituir uma comunicação eficiente.

Aqui, sem dúvidas nosso maior aprendizado foi de união, os momentos de adversidade servem para demonstrar como é importante fazer do condomínio mais que um espaço físico onde pessoas são obrigadas a conviver, mas um ambiente de comunidade, em que haja cooperação e ajuda mútua em situações de necessidade. Isso ficou refletido em diversos casos que se espalharam pelo Brasil de moradores jovens fazendo compras de mercado e farmácia para vizinhos idosos, através de mutirões de doação de sangue promovidos por vários hemocentros de cidades brasileiras em parcerias com condomínios, enfim lembramos como precisamos uns dos outros, que unidos somos mais fortes, que possamos levar essa lição por toda nossa vida!

Qual é a sua opinião sobre esta matéria? Comente...

Compartilhecom outros síndicos:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Síndico bom é síndico informado!

Cadastre-se para receber todas as matérias e atualizações do site, em primeira mão. É GRÁTIS
Suas informações são sigilosas, sem propagandas ou SPAM.

    Portal independente administrado por 3 LADOS Serviços em Marketing Digital – CNPJ 18.761.034/0001-64

    Todos os direitos reservados. Marca registrada. Versão 4.0