Projeto restringe portarias virtuais em condomínios

A Câmara Legislativa do DF aprovou um projeto que restringe a instalação de portarias virtuais em condomínios com mais de 45 unidades.

O projeto só recebeu 2 votos contrários e agora segue para sanção do governador. Com esta lei, o que estamos dizendo aos síndicos e condôminos é:

1. Não poderão ser utilizadas tecnologias de portaria virtual eletrônica;

2. A lei cria obrigações financeiras para todos os moradores contratarem apenas a modalidade de portaria presencial. Essa imposição criada tira dos condôminos, o direito de decidir qual o melhor formato de portaria a ser utilizado;

3. Essa lei cria uma clara reserva de mercado, beneficiando as empresas do segmento de segurança privada e terceirizações em geral;

Será que o governo tem o direito de decidir o que Síndicos e moradores podem ou não fazer com suas propriedades?

Você concorda com essa lei? 

Qual é a sua opinião sobre esta matéria? Comente...

Compartilhecom outros síndicos:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Síndico bom é síndico informado!

Cadastre-se para receber todas as matérias e atualizações do site, em primeira mão. É GRÁTIS
Suas informações são sigilosas, sem propagandas ou SPAM.

    Portal independente administrado por 3 LADOS Serviços em Marketing Digital – CNPJ 18.761.034/0001-64

    Todos os direitos reservados. Marca registrada. Versão 4.0