Seguro com domínio!

Alguns síndicos contratam o valor total do seguro do prédio bem abaixo do custo real de reconstrução, achando que “nunca não irá pegar fogo” ou que “nunca irá pegar fogo em todas as unidades de uma vez”. É inacreditável.

Fiquei perplexa ao acompanhar as notícias do Edifício Canoas, em São Conrado/RJ. Havia um cenário de desolação: lajes cederam, paredes ruíram, havia destroços de todo tipo, eletrodomésticos completamente danificados, móveis inutilizados, roupas perdidas, enfim, tudo destruído. Quem poderia imaginar que um pequeno vazamento de gás causaria tanto prejuízo? Foi incrível ouvir as palavras da jornalista de uma grande emissora de televisão finalizar a matéria dizendo: “o síndico informou que o prédio tem seguro, mas os bens no interior do apartamento são de responsabilidade de cada morador”.

A apólice contratada pelo síndico deveria cobrir os apartamentos pelo valor real de reconstrução, como claramente ordena a Lei 4.591/64: “Proceder-se-á a contratação do seguro de incêndio, neste caso discriminadamente, abrangendo todas as unidades autônomas e partes comuns contra incêndio ou outro sinistro que cause destruição no todo ou em parte, computando-se o prêmio nas despesas ordinárias do condomínio”. Portanto, o síndico, obrigatoriamente, sob pena de responder civil e criminalmente, deve contemplar todas as unidades autônomas com valor real de reconstrução, no seguro do prédio.

Importante: Há nas garantias da Apólice de Seguro Condominial, cobertura para o conteúdo dos apartamentos e aluguel de outro apartamento em caso de incêndio. Ou seja, os moradores poderão ficar confortavelmente instalados em outro local enquanto é efetuada a recuperação do imóvel sinistrado e ainda ter todos os bens repostos pela seguradora. Se o síndico é uma pessoa de visão, responsável, preocupada em agregar valor à sua gestão, pode contratar um seguro completo, com cobertura interna para as unidades, e beneficiar a todos, pois não há porque os apartamentos ficarem fora do seguro condominial.

O síndico deve estar consciente de que contratar um seguro aquém das reais necessidades do condomínio pode trazer sérios riscos às pessoas e ao patrimônio.

Qual é a sua opinião sobre esta matéria? Comente...

Compartilhecom outros síndicos:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Síndico bom é síndico informado!

Cadastre-se para receber todas as matérias e atualizações do site, em primeira mão. É GRÁTIS
Suas informações são sigilosas, sem propagandas ou SPAM.

    Portal independente administrado por 3 LADOS Serviços em Marketing Digital – CNPJ 18.761.034/0001-64

    Todos os direitos reservados. Marca registrada. Versão 4.0